AC Comunicação Integrada

Saltar para o menu Saltar para o conteúdo

AC Comunicação - Gerenciamento de crise

AC Comunicação - Planejamento estratégico

AC Comunicação - E-mkt inteligente

AC Comunicação - Mídias sociais

AC Comunicação - Comunicação integrada

AC Comunicação - Assessoria de imprensa

AC Comunicação - Serviços

Companhia Brasileira de Ballet se apresenta no dia 12 na abertura do XII Festival Internacional de Dança de Cabo Frio

Companhia Brasileira de Ballet se apresenta no dia 12 na abertura do XII Festival Internacional de Dança de Cabo Frio

Para dar o pontapé inicial à 12ª edição do Festival Internacional de Dança de Cabo Frio, que acontece entre os dias 12 a 16 de outubro, a CBB, Companhia Brasileira de Ballet, estará em Cabo Frio, para realizar uma apresentação. Os shows acontecerão no Shopping Park Lagos, na Praça Sambaqui, em frente à praça de alimentação, a partir das 16 horas.

A CBB irá abrir com a Suite do Ballet Paquita, coreografada por Marius Petipá. Seguem-se ‘FairyDoll’ (adágio e coda), com a participação dos solistas Ana Flávia Alvim, Divanni Cabral e Ghabriel Gomes, e‘Arlequinade’ (adágio e coda), com Yasmin Lomondo e Breno Lucena. Ambas também coreografadas por Marius Petipá

Já a segunda metade do espetáculo começa com “Involuntariedade”. Dividida em seis movimentos diferentes, a atração fala sobre a involuntariedade do pensamento, do movimento, da relação. Expressa, através da dança, as diferentes formas de involuntariedades que vivemos, como quando não reagimos da forma que esperamos, ou um reflexo que temos, ou decisões que gostaríamos de tomar, mas acabam sendo deixadas de lado. Cada movimento contra com um arranjo diferente, começando com um trio, passando pelo solo, valsa, pax de deux, até ao grande final, em que todos os participantes dos movimentos anteriores se juntam.


Para fechar com chave de ouro, a CBB apresenta “Gira”. Com coreografia de Rafael Gomes, Gira quer relembrar a importância do trabalho coletivo e da cinestesia, inspirados nos bons fluidos, força e vitalidade do ser humano. A música marca forte presença onde encontra a licença e homenagem ao candomblé e à grande miscigenação do povo brasileiro. É uma mistura do acabamento limpo e sofisticado do ballet clássico com os movimentos da cultura afro-brasileira – um apelo cultural ao futuro do “bom ser humano”, contagiando o mundo de amor.

 

Companhia Brasileira de Ballet

 

A Cia. Brasileira de Ballet é um projeto artístico, didático, e social desenvolvido com o intuito de promover e inserir jovens talentosos bailarinos no mercado de trabalho, seja ele nacional ou internacional. Também com o objetivo de resgatar o interesse do público em geral pelo ballet clássico, a Cia. produz espetáculos do mais alto nível técnico e artístico e já alcançou o reconhecimento no cenário artístico da dança. A determinação e perseverança com que seus bailarinos, professores e funcionários batalham para manter a Cia. funcionando são exemplos de seriedade, empenho e, principalmente, amor ao ballet.

 

Criada em 1967, pelo industrial Paulo Ferraz, incentivado por sua esposa a bailarina Regina Ferraz, e agora formada por alguns dos mais talentosos jovens bailarinos da atualidade, a CBB vem trabalhando com a mesma garra e determinação vivenciados em 1967. Reconhecida como a segunda companhia clássica brasileira, a CBB não só realiza um trabalho artístico de alto nível, mas também projetos sociais importantes. A Cia. se orgulha de anualmente, inserir um grande número de seus jovens bailarinos no mercado de trabalho nacional e internacional, só ano de 2010 foram 22 bailarinos que deixaram a Cia. para se integrarem a novas companhias.

 

Este reconhecimento, que coloca a CBB entre as principais companhias nacionais, a levou a realizar apresentações ao lado de companhias como o Kirov, Ballet Nacional de Cuba, Visky, e CubanClassical Ballet de Miami.

 

Serviço: O XII Festival Internacional de Dança acontece entre os dias 12 a 16 de outubro, no Shopping Park Lagos, localizado à rua Henrique Terra, s/nº, Cabo Frio-RJ

 

Ficha técnica:

- Suite do Ballet Paquita

Coreografia – Marius Petipá

 

- FairyDoll (adágio e coda)

Coreografia – Marius Petipá 

Solistas - Ana Flávia Alvim, Divanni Cabral e Ghabriel Gomes

 

- Arlequinade (adágio e Coda)

Coreografia – Marius Petipá 

Solistas - Yasmin Lomondo e Breno Lucena 

 

- Involuntariedade

Coreógrafo - Fernando Bersot

1° mov. - Trio

Cecilia Valadares, Yasmin Lomondo e GhabrielGomes

2° mov 

Breno Lucena e Yasmin Lomindo, Diovani Cabral e Luiza Presot, Michael Willian e Alícia Pitangueuras, Owdrin Kaew e Ana Flávia, Michelle Augusto e Gabrielly Juvencio, Alicia Saul e Isa Mattos

3° mov. - solo

Cecilia Valadares

4º mov. - Valsa

Renata Barcellos e Breno Lucena, Gabrielly Juvencio e Alyson Trindade, Ana Flávia e Diovani Cabral, Isa Mattos e Ghabriel Gomes, Michelle Augusto e Michael Willian

5° mov. - Pas de deux

Yasmin Lomondo e Raffael Lima

6º mov. - Final 

Todos

 

- Gira

Coreografia - Rafael Gomes